Os gialli de Edwige Fenech: O vício é uma porta fechada e só ela tem a chave

Edwige Sfenek, atriz argelina, natural de Annaba, é para muitos a rainha do giallo e um dos maiores ícones do cinema italiano. Entre 1970 e 1975, protagonizou cinco filmes de mistério/terror/thriller, hoje incontornáveis. Não é exagero dizer que, se não fosse a sua presença e carisma, estas obras não teriam o mesmo impacto. Da genialidade…

Giallo: A Máscara da Sanidade

O que é o giallo? O termo designava livros policiais, traduções ou originais italianos, que começaram a ser publicados pela poderosa editora milanesa Mondadori em 1929. A sua popularidade deu origem a adaptações cinematográficas e, visto que a capa dos livros era amarela (giallo, em italiano), os filmes passaram a ser designados com o mesmo…