Ratboy de Sondra Locke: Um conto de fadas dos tempos modernos

Para Sondra Locke, representar exclusivamente com Clint Eastwood em tantos filmes teve os seus prós e contras. Por um lado, testemunhou o processo de fazer cinema em todas as áreas, da escolha dos atores à montagem, pós-produção e mistura de som. Como adorava todas estas fases, Locke começou a pensar em realizar. Um conto de…

Sondra Locke’s Ratboy: A modern day fairy tale

Having acted exclusively with Clint Eastwood in so many films had its pros and cons for Sondra Locke. For one, she had witnessed the filmmaking process all the way, from casting to editing, postproduction and sound mix. Since she loved all of it, Locke started to think about directing. A bittersweet fairytale rooted in the…

Impulse by Sondra Locke: The many lives we could live

Impulse came at a bad time in Sondra Locke’s life. She had never felt so happy professionally since the beginning of her career with the Oscar nominated role in The Heart Is a Lonely Hunter in 1968. It’s the story of an undercover cop who feels tempted to have as much power as the role…

Impulso para Matar de Sondra Locke: As muitas vidas que podíamos viver

Impulse surgiu num mau momento da vida de Sondra Locke. Nunca se sentira tão feliz profissionalmente desde o início da carreira com o seu papel em O Coração é um Caçador Solitário (1968) em que foi nomeada para o Óscar. Impulso para Matar é a história de uma polícia à paisana que se sente tentada…

Entrevista exclusiva com Sondra Locke: Magia nos filmes e na vida real

Nesta entrevista de fundo, Sondra Locke fala sobre sua vida e carreira de forma direta. Por que razão algumas coisas não funcionaram; Hollywood, realizar, representar, os seus gostos pessoais no cinema, na literatura, as suas escolhas de carreira e os problemas que enfrentou quando optou por não virar costas a um duelo da vida real….

Exclusive Interview with Sondra Locke: Magic in films and the real world

In this in-depth interview, Sondra Locke talks about her life and career in a straightforward way. Why some things didn’t work out; Hollywood, directing, acting, her personal tastes in film, literature, her career choices, and the problems she faced when she chose not to walk away from a real life “showdown”. She also tells how…

The Good, the Bad, and the Very Ugly de Sondra Locke: Mulher com Nome

Os atores não são escritores. É suposto representarem, não escreverem. Alguns fazem-no, a maioria, argumentos ou memórias. A autobiografia de Sondra Locke sobressai porque não se encaixa em rótulos. É uma “viagem por Hollywood”, mas lê-se como um romance. Conhecemos estes personagens. Clint Eastwood é um nome que nos ocorre – a atriz ainda é…

Entrevista exclusiva com Sondra Locke sobre O Coração é um Caçador Solitário

O modo como Sondra Locke conseguiu o papel numa grande produção de Hollywood – a adaptação cinematográfica da obra-prima de Carson McCullers – é uma história que deve ser recordada. Tratou-se de um episódio de fé, talento, sorte. Quase de um dia para o outro, uma aspirante a atriz, natural de Shelbyville, Tennessee, foi nomeada para um Óscar no seu primeiro papel.

Exclusive interview with Sondra Locke about The Heart Is a Lonely Hunter

From small things, big things one day come. The way Sondra Locke got the part in a major Hollywood production – the film adaptation of Carson McCullers masterpiece – is a story which should be remembered. It was an episode of faith, talent, luck. Almost overnight, an aspiring actress from Shelbyville, Tennessee, got nominated for…

High Sierra by Marilyn Ann Moss

Even in Raoul Walsh’s lesser-known films, there’s an element somewhat comparable to Hemingway’s statement when he finished writing a book. As he once said: “I just have to perform that little miracle we all must do at the end.” That is, to edit, revise and transform a narrative into a timeless work. My impression, in…

High Sierra por Marilyn Ann Moss

Mesmo nos filmes menos conhecidos de Raoul Walsh, nota-se algo de equiparável ao que Hemingway disse quando acabou de escrever um livro: “Só falta aquele pequeno milagre que temos de fazer no fim”, ou seja, rever e transformar uma narrativa numa obra intemporal. A impressão que me fica sempre é a seguinte: A montagem pode…

Raoul Walsh’s biographer Marilyn Ann Moss produces documentary

In various ways, Raoul Walsh helped in shaping what we nowadays call a “movie”. Those who just seek entertainment will find it in his films. Those who prefer great performances and a good script, will not be disappointed either. And those who admire that rare quality in cinema, the sensation of life taking place in front…