Wand’rin’ Stars: Ana Isabel Rosa: Ao Encontro da Essência

Já lá vão alguns anos em que encontrei na escrita uma forma de extravasar sentimentos retidos, libertar a alma e desafogar pensamentos que germinavam na minha essência. A escrita ensinou-me a agir em plenitude, orientando-me no esforço em alcançar a verdadeira verdade que durante muito tempo retive na minha individualidade.

startwriting

Sem dúvida que fez surgir uma etapa diferente e formidável na minha vida, onde uma vontade em divulgar esta força guardada fez de mim, metade já alcançada e insistiu na coragem em conseguir alcançar a outra metade que faltava.

Na escrita, encontro refúgio para desabafos, ela, ajuda-me no transbordar de emoções que muitas vezes estão acumuladas à espera da ocasião ideal para eclodirem!…

1Então, a escrita tornou-se numa forma de vida, vivida e absorvida intensamente, em que cada pedaço de memória torna-se exposição existente que ofereço publicamente no papel em que deposito palavras que resguardo na minha consciência.

A escrita é a minha alma, cada ponto é uma convicção, cada vírgula é uma dúvida e cada interrogação a incerteza do amanhã, onde aprecio cada minuto que passa, valorizando cada hora que marca o passo da minha vida.

Citando o meu querido Fernando Pessoa: “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.

É assim que me sinto: Renascida, e nada melhor do que demonstrar esta verdade através da minha poesia!

RENASCIDA

Hoje, sou Mulher Renascida!
Moldada pela lava escorrida,
Que aperfeiçoou rochedos vulcânicos
Mergulhados em água salgada
Dispersos, no meio do Atlântico.
Sou aquela, que um dia envolveu-se
Com o seu passado e futuro.
Aliviei assim, o fogo da existência
Na inocência de cada luz.
E em cada caminho traçado
Fiz de ambos, o meu presente!…
Sou Filha da Terra Honrada
E encontrei a inspiração,
No dia em que não cedi ao tormento
Guiado pelo tempo.
Sou a força das lágrimas determinadas.
A vontade libertada na hesitação encontrada.
O voo livre nas asas do desconhecido,
Em que este adejar interior, bate asas e levanta voo!
Na diversidade das incertezas
Fiz da lucidez, um refúgio completo.
A memória que permanece
Dentro de mim e enlouquece,
Incendeia-se sob a luz de outono marcada
Na ansiedade em que o corpo aguenta…
Quando enfrenta a pureza da agitação.
Mas, aceita cada desígnio do tempo,
Como uma flor caída no chão
E que floresce numa próxima estação!…
Sou aquela, que existe dentro do meu EU!
Numa existência conquistada,
Que alerta a minha consciência
Que a vida é uma aprendizagem.
Na minha alma…
Hoje, renasci do nada!
Das cinzas quentes da madrugada.
Evocadas nas voltas do tempo,
Que desabafam a emoção contada!
Dentro do meu, EU…
Absorvo experiências
Que soltam as amarras e aliviam,
Qualquer existência!…

20130602_101950Ana Isabel Rosa publicou o livro Compasso da Vida em 2011. Foi convidada a participar em duas Antologias de Poesia Contemporânea Entre o Sono e o Sonho; no volume III (2012) participou com o poema «Fernando Pessoa – Poeta de Luz» e, no volume IV (2013), com o poema «No Vazio do Nada». Em 2012, nove poemas seus foram publicados na coletânea Seleta Cultural de Poesia, obra que foi lançada no Brasil. Atualmente, tem colaborado em coletâneas de poesia que englobam vários autores e temas específicos.

É natural de Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel. Dedica os seus tempos livres à poesia, à leitura e à música. Tem como maiores referências na poesia Fernando Pessoa, Antero de Quental e Natália Correia. Na música, não dispensa uma boa ária interpretada por Pavarotti.

Anúncios

Comentários:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s